segunda-feira, março 12, 2007

Verdades de amor

Li este artigo da Rosely Sayão outro dia sobre a intensidade e o envolvimento do pais com os filhos, num determinado instante, que marca por toda vida. Pode ser a coisa mais boba do mundo, mas quando é feito de "dentro pra fora" como diz Sandra Peres, é algo que deixa eternizado nas lembranças infantis. Um carimbinho feliz colado na alma. E aí, depois de anos, a gente relembra como que por acaso... e dá risada, sente saudade daquela sensação e constatamos que dinheiro nenhum no mundo faz comprar esses momentos cheios de verdade de amor.

4 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Dinheiro NENHUM faz, cê quer dizer né? Ou sim, dinheiro faz?

:)

\o/

2:11 PM  
Blogger Mônica said...

Ops! Valeu, hein, Anônimo! Já corrigi o texto. Bjão procê seja lá quem for. Mô

2:39 PM  
Blogger Madalena said...

Mô, bem-vinda de volta! ;)
Bjos e até sábado!
Ju

3:20 PM  
Anonymous Taís said...

Oi Mônica!
Sou amiga da Jú,a parte gaúcha do pastel!
Adorei seu blog!
E adorei saber que você tbm é corinthiana..que perfeição!
Outra curiosidade é que aqui no meu trabalho sou chamada de Magali, pelos meus excessos alimentares...
Olha só..estou com meu blog agora..gostaria de sua visita!
www.caldeiraosemnome.blogspot.com
Aguardo seus comentários!
Bjos

5:26 PM  

Postar um comentário

<< Home