quarta-feira, maio 30, 2007

Cai na real!

Tá bom! Admito, sim. Foi um sinal gigante, feito estrela cadente. Tô boba, mas já entendi todos os recados diretos e indiretos. E quer saber? Cansei de ser boba e infantil. Tá na hora de dizer chega pra este coração burro e teimoso. E tá na hora de parar de almejar um fusca, sendo que posso ter um EcoSport.

Não! Eu não quero ser a mulher perfeita com o homem perfeito e com filhos mais perfeitos ainda. Chatice! Só quero viver a minha maneira, mas não frustrada por não ter conseguido e sim realizada por ter conquistado, lutado e batalhado pelos meus sonhos e pelas coisas que eu acredito.

E eu acredito no AMOR com todas suas mazelas e desesperos. Com todo seu imediatismo e sua velhice. Acredito mesmo. Mas o que eu tenho feito não é amar... E sim estupidez, teimosia, desassossego, infantilidade e voltas inúteis ao passado.

Ontem conversei com meu irmão e ele me jogou tantas verdades na cara, que embora sejam doídas, fizeram-me muito bem.

E pra que chorar se eu posso rir?


PS - Agradeço a força das minhas amigas Jú e Mari por toda as nossas baboseiras verdadeiras e tão necessárias trocadas nesses últimos tempos. E agradeço às sessões de anjoterapia gratuitas ao meu querido amigo M. Sem vocês, Moniquinha daria muito menos risadas.

3 Comments:

Blogger Madalena said...

Moniquinha,
é isso, bola pra frente. A gente foi feita pra brilhar. :)
Bjos, te adoro!
Juba

11:11 AM  
Anonymous Anônimo said...

"Gratuitas"??? Ra ra ra ra ra ra!!!

Bejenooooorme!!!!

8:08 PM  
Blogger Carolina said...

Meus amigos tem um lema que é:"vai cair?! então se joga!". Acho que é isso, aproveitar a vida ao máximo, se jogar e curtir.
Beijo prima

2:32 PM  

Postar um comentário

<< Home