quinta-feira, setembro 27, 2007

São Cosme e Damião

Em dia de São Cosme e Damião, amanheci querendo te ver. Beber do verde de seus olhos pequenos. E embora não entenda a sobrevivência dessas vontades minhas amalucadas, assumo-as plenamente. Você é minha doença mais crônica: minha asma, minha alergia...

3 Comments:

Anonymous Anônimo said...

"são cosme e damião, douuum
são cosme e damião, douuum

clareia lá no curuzu
candeia lá no caruru-uuuu

abaraco irejê
erêê
abaraco irejê
abaraco êê"

bebe teu homem logo, mulé!
beijo

12:57 PM  
Blogger Mônica said...

Adoroooo esta música, Fê. E viva São Cosme! olha só... Adoraria beber este homi de zóios verdes que me tirar o sono, a calma e me recheia de saudades de tempos em tempos. Mas as coisas nem sempre são como nós queremos, né não?
Beijão!!!

2:19 PM  
Blogger Madalena said...

Olha amiga... os comentários da Fê geralmente são proféticos, hehe... quem sabe esse te traz sorte! ;)
Bjos!

12:37 AM  

Postar um comentário

<< Home