quarta-feira, outubro 22, 2008

Pois é.


“Os sinais fecham, os sinais abrem. Você segue adiante, você freia. A gente atravessa a rua e vai parar em outro mundo, basta dar os primeiros passos. Viaja para esquecer, viaja para descobrir, e alguém fica parado no mesmo lugar, aguardando (quando pequeno, sua mãe lhe ensinou que, ao se perder na multidão, não é bom ficar ziguezagueando, melhor manter-se parado no mesmo lugar, aí fica mais fácil ser encontrado). Muitos estão parados no mesmo lugar, torcendo para serem descobertos”.

Martha Medeiros, pág. 224, Doidas e Santas.

1 Comments:

Blogger Madalena said...

Hum... nessas circunstâncias, eu ainda acho bem interessante dar uma bandas por aí... ;)
Beijos!

11:31 AM  

Postar um comentário

<< Home