sexta-feira, julho 27, 2007

Energia

Ultimamente, tenho me ligado muito em “energia”. Confesso que nunca fui esotérica. De signos, só sei o meu e vá lá... Mas acredito na combinação dos astros, na força da Lua, do Sol e da Natureza e em pessoas que transmitem uma energia ótima no olhar, num abraço quente ou em mãos que afagam positivamente.

Tenho procurado estar com pessoas que estão na minha mesma sintonia que eu. Pessoas, cuja energia é resplandecente. Tá certo que nem sempre dá para escolher, mas a gente vai tentando manter as boas aproximações, aquelas que identificamos só de olhar ou pela vibração.

Na minha última viagem, senti que têm lugares que a nossa energia é mais brilhante. A minha, por exemplo, em Minas, é gigante e intensa. Desconfio que seja pelo fato das montanhas sul-mineiras alimentarem a minha alma. Uma noite estrelada no interior é como um colírio de poesias aos meus olhos. O som mágico da viola caipira me trás esperança e aconchego. E aquele olhar de amigo das pessoas de energia boa é tudo pra mim!!!

Quando cheguei em São Paulo, senti a energia baixar consideravelmente. Foi triste. A angústia voltou a me assombrar lá em casa. Aliás, lá em casa e na escola, a energia não vai muito bem. Talvez, por isso, que eu procure meio que desesperadamente estar com os meus amigos de energia. Desde que cheguei, já procurei estar com algumas delas para que pudessem me trazer um pouco de consolo e sossego à minha alma esvaziada.

Enquanto isso, vou tentando buscar em palavras e canções, o recheio que está faltando no meu cotidiano. Aliás, esta canção composta pelo Arnaldo Antunes para o Pan 2007 é fantástica. A propósito, a única coisa que eu realmente curti no Pan e gostei muito foi da abertura. Linda, multicultural, bem-feita e emocionante!!!

Viva Essa Energia

No dia em que o céu beijou o mar
fazendo a cama pro sol deitar
a noite veio cobrindo devagar
com seu manto de luar

Ali foi gerado o novo dia
trazendo pra terra a energia
dando vida nova ao novo
ao som do mar e à luz do céu profundo

Viva essa energia
Viva essa energia
todo mundo junto
pra jogar

Viva essa energia
Viva essa energia
todo mundo junto
pra pular

Viva essa energia
Viva essa energia
todo mundo junto
agora pra vibrar

Viva essa energia
Viva essa energia
todo mundo junto
como o céu e o mar

Brancos de uma tribo anglo-saxã
Bárbaros ibéricos e filhos de tupã
Incas e astecas, ianomâmis e tupis
Comanches pataxós, apaches guaranis

Ketu e angola, jeje nagô e iorubá
Gente do oriente, filhos de Alah
Todos vieram à beira da praia pra saudar
o amor de Guaracy e Iemanjá

Viva essa energia
Viva essa energia
todo mundo junto
pra jogar

Viva essa energia
Viva essa energia
todo mundo junto
pra pular

Viva essa energia
Viva essa energia
todo mundo junto
agora pra vibrar

Viva essa energia
Viva essa energia
todo mundo junto
como o céu e o mar

As matas no vento em movimento
onça, tucano, macaco e arara
circula a energia no ar todo dia
banhando a Baía de Guanabara

As ondas do mar quebrando na
ritmo swing do sangue na veia
De homens, mulheres, que vêm aos milhares
De tantos lugares, de tantas aldeias

Viva essa energia...

1 Comments:

Blogger Madalena said...

Eu ganhei, de surpresa, uma camiseta do Pan ontem... toda azul... ;)
Bjos!
Juba

12:14 PM  

Postar um comentário

<< Home